O vira-lata

Só por ser um cãozinho ou gatinho vira-lata, muitas vezes esses animais são os que mais sofrem. Os bichinhos que não têm uma raça definida são os mais abandonados e que passam por mais crueldades e negligências.

Infelizmente esses episódios de maus-tratos com os vira-latas são recorrentes no Brasil. Mas precisamos mudar esse cenário! Todos os animais precisam de carinho, atenção, amor e nenhum deve ser menosprezado por sua raça. Defendemos que sua origem desconhecida ou muitas vezes misturada é o que faz do bichinho tão especial e único.

Muitos daqueles resgatados pelas ongs - que defendem e lutam pela vida dos animais - são vira-latas. Eles vêm de uma vida difícil e cheia de traumas; tanto físicos, quanto psicológicos. Mas esses animais únicos, apesar de todas as adversidades; são inteligentes, amorosos e se tornam os melhores amigos que poderíamos querer.

Algo que é importante lembrar é que apesar de ser um animal vindo da mistura de raças ele não é mais resistente, nem mais forte que os outros por isso. E por conta desse pensamento, muitas vezes eles são tratados de forma mais desleixada. Os donos não vacinam e não dão a devida atenção ao cãozinho ou gatinho por achar que ele não precisa. Isso é um mito e precisamos ter bem claro que todos os animais merecem uma vida feliz e saudável.

Os vira-latas também precisam de amor! Adote um, e felicidade não vai faltar.